Depoimento de Pablito Massambani

Postado por: Atea Tags: Atea | Categorias: Depoimentos

setembro
21

“Ola ATEA, Bom Dia, perdi meu pai a mais ou menos 15 dias, e eu me considerando ATEU e com uma família toda de religiosos, veio a bomba, todos pedindo para eu procurar uma igreja e rezar pelo meu pai,o mesmo papo de todos os religiosos, eu descobri que mesmo sendo doloroso , você sabe lidar melhor com a morte, pelo menos, no meu caso foi assim, os primeiros dias foram duros, mas você vai lidando de uma forma melhor, você tem um conformismo psicológico maior, hoje eu vejo a morte como uma das invenções mais bonitas do mundo, por que todos nós compartilhamos o mesmo destino. E mesmo com toda a pressão familiar neste momento difícil eu me mantive firme na minha descrença e em nenhum momento pensei que poderia encontrar mais com meu pai, agora consigo viver de lembranças e dos momentos bons que vivi com ele e consigo achar força nestes momentos bons e não em nenhum ser imaginário que inventaram para as pessoas buscarem força e ter fé, eu tenho fé em mim, que eu consigo, e tenho que agora colocar em prática tudo que meu bom e velho amigo me ensinou, pois ele já não está mais entre nós.”

Pablito Massambani

Fonte: https://www.facebook.com/ATEA.ORG.BR/posts/608040779226508

One Comment

Deixe uma resposta