Depoimento de ateia expulsa de casa

Postado por: Atea Tags: Atea | Categorias: Depoimentos

abril
20

Eu tenho 15 [anos] e fui praticamente expulsa de casa. Minha mão engravidou muito cedo e se casou com meu pai. Meu pai era mais velho e tinha um bom emprego, logo a pensão era muito boa, e é ateu.
Minha mãe sempre foi religiosa, criada rigidamente pela minha avó, que é machista e completamente de direita. Desde que eu era pequena era obrigada a ir pra igreja e muitas vezes meus entes ‘queridos’ insinuavam que eu iria engravidar como minha mãe, e que uma entidade estava em mim. Meu pai sempre soube do que acontecia, e quando eu fiz 13 anos ele disse que ia me levar pra morar com ele, mas isso foi demorando e eu fui ficando cada vez mais impaciente, pois é muito difícil viver em um lugar onde todos os dias as pessoas que vivem a sua volta te expulsam. Há um mês atras, eu cheguei da escola e vi que estavam todos os meus parentes na sala, achei estranho e fui pro meu quarto. Depois de poucos minutos minha mãe e minha avó entraram e começaram com as falácias, ‘você tem que aceitar jesus’, ‘isso é falta de deus no coração’. E eu me recusei desta vez que a família ‘orasse’ em mim. Minha avó ficou irada e saiu do quarto, depois de alguns minutos meu padrinho de batismo e minha avó entraram com cordas no meu quarto e me amarraram na cama. As cordas não estavam conseguindo me segurar e minha mãe e minha avó sentaram em mim. Tentaram tapar minha boca com panos enquanto eu gritava muito, porque eu estava realmente desesperada. foram tantos crucifixos e passagens bíblicas, até que eu me cansei e desmaiei. Esconderam de mim telefones, tiraram o computador, me trancaram no quarto e me deixaram assim toda a noite, quando pensavam que o ‘demônio’ estava saindo, me deixando dormir. No dia seguinte, minha amiga foi na minha casa e disseram à ela que eu não estava em casa. Ela já sabendo da situação ligou pro meu pai, que ainda bem veio até mim o mais rápido possível. Me encontrou no quarto e me tirou de lá. Pegou minha guarda e hoje eu moro com ele. Minha mãe vem tentando se reconciliar, pois ela não trabalha e o que a sustentava era o dinheiro que meu pai me dava. Ela pede desculpas, diz que eu estou a abandonando e que eu sou uma péssima filha, faz chantagens emocionais… Mas eu jamais quero passar por isso de novo.
Fonte: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=623609931002926

One Comment

  1. Oh, que dó dessa mocinha. Esse pessoal de Igreja são foda. É uma pena que haja estórias como essa!

Deixe uma resposta